Buscar
  • Quantic Flora

Por quanto tempo eu preciso usar os produtos da Quantic Flora?


Essa é uma pergunta que sempre recebemos.

Sugerimos que você não pare de usar pelo “simples motivo” que eles cuidam realmente de você e dos seus cabelos. Madeixas saudáveis, sem queda e sem quebra. Ainda, a presença dos óleos essenciais e as frequências vibracionais proporcionam um cuidado holístico, integral.



Temos muitos relatos de que com os produtos Quantic Flora o tempo de ação é bem mais rápido em relação aos outros produtos que estão no mercado que acabam respondendo ao tratamento apenas após 3 meses.

É importante dizer que nenhum tratamento atua nos fios que já entraram para a fase telógena (queda). E é esta fase que dura 3 meses. Pode também acontecer o efeito shedding que já abordamos em outro post.

Os 3 primeiros meses podem ser angustiantes, mesmo seguindo o tratamento corretamente, se deparar com a persistência da queda; mas quem continua fazendo o uso dos produtos da Quantic Flora, verá a melhora do resultado progressivamente.

Vamos abordar alguns diagnósticos capilares para que você entenda as nossas sugestões de uso.

1. ALOPECIA ANDROGENÉTICA Por ser crônica e progressiva não há cura e sim cuidado por toda a vida. É um tratamento para prevenir mais queda e, onde ainda existam folículos capilares viáveis, ocorrer a ativação e o nascimento de novos fios.

2. EFLÚVIO TELÓGENO AGUDO A perda capilar assusta, pois os cabelos caem de uma forma muito intensa e em poucos dias e semanas. A causa geralmente está relacionada a medicamentos quimioterápicos, abuso de drogas, intoxicação aguda por metais pesados e estresse agudo intenso. O tratamento principal é a retirada da causa. Após a exclusão do fator causal, a melhora da queda e o início de reposição dos fios ocorre em 3 meses; lembrando que o cabelo cresce em torno de 0,8 a 1,2 cm por mês.

3. EFLÚVIO TELÓGENO CRÔNICO Neste caso, a queda capilar ocorre por meses e meses com períodos de maior e menor intensidade, o que pode levar à falsa impressão de que a situação esteja melhorando, mas em seguida há nova piora. Esses casos muitas vezes são difíceis de diagnosticar, pois acredite, existem milhares de causas (metabólicas, nutricionais, digestivas, absortivas, hormonais, parasitárias, medicamentosas, etc. e até intoxicações) que podem contribuir com essa condição.

4. DERMATITE SEBORREICA Pode ser recorrente ou crônica e persistente. Geralmente a melhora é mais rápida: entre 25 e 30 dias. Mas, havendo uma queda capilar excessiva, a melhora pode levar até 3 meses. Não há cura definitiva, mas apenas o controle dos sintomas e o objetivo do tratamento visa a diminuição da frequência e gravidade das crises.



5. ALOPECIA AREATA Neste caso pode ocorrer a cura espontânea, ou ainda ela pode ser recorrente ou crônico. Esta é a doença capilar que tem a maior variedade no tempo de resposta ao tratamento, pois pode ocorrer a cura sem tratamento em um ou dois episódios durante a vida, que respondem e melhoram completamente com tratamento específico.

6. ALOPECIAS CICATRICIAIS É crônica. Por haver dano permanente e destrutivo das células-tronco do folículo piloso, a lesão é irreversível, ou seja, não há melhora ou reversão do quadro com o tratamento. O objetivo é estabilizar a progressão ou piora da doença. Ex.: Lúpus Discoide, Líquen Plano e etc.

Lembre-se sempre: o tratamento capilar quando realizado em sua fase inicial, tende a evoluir melhor e mais rápido!

Porque não utilizar o que há de melhor da natureza para cuidar de você?

A Quantic Flora quer ser sua parceira para sempre, afinal você merece esse cuidado!


gif

Gostou do post?

Venha conversar com as nossas especialistas: clique aqui

Estamos te esperando!

Um abraço,

Christina Matias e Léia Estevão

Fundadoras da Quantic Flora